Florianópolis
Escrito por Eliana Rocha   
Seg, 29 de Novembro de 2010 15:25
PDF E-mail

FlorianópolisFlorianópolis

 

 

Florianópolis

Os primeiros habitantes da região foram os índios tupis-guaranis, a sua presença é confirmada pelos indícios encontrados nos sítios arqueológicos.

Os tupis-guaranis ocuparam a parte litorânea, possuíam o conhecimento da agricultura e tinham na pesca sua atividade básica.

 

 

Colonização

A região era freqüentada pelo homem branco que aportava em busca de água fresca e alimentos, mas a intenção de povoar só ocorre com a vinda do bandeirante Francisco Dias Velho em 1675. Natural de São Paulo, ao chegar construiu uma pequena igreja em homenagem a Nossa Senhora do Desterro, e em torno da igreja tem inicio a construção do vilarejo.

A Coroa Portuguesa para garantir seu domínio eleva o povoado a Vila em 1726, já que a vila e seu porto possuíam função estratégica de grande importância, pois se encontrava entre o Rio de Janeiro e Buenos Aires, as duas maiores cidades a época.

A Capitania da Ilha de Santa Catarina é criada em 1738, e a segurança é reforçada com a construção de um complexo defensivo no litoral Sul da colônia. Esse complexo foi composto por diversas fortalezas como: de Santa Cruz, de São José da Ponta Grossa, de Santo Antônio e de Nossa Senhora da Conceição da Barra do Sul.

A criação da capitania e sua fortificação trazem tranqüilidade, possibilitando o crescimento da população.

A Vila de Nossa Senhora do Desterro se torna Capital da Província de Santa Catarina em 1823, período de grande prosperidade e muitas obras urbanas, ocorre, também, uma grande organização política.

Açorianos

No período em entre 1747 e 1756 a Coroa Portuguesa, com a promessa de terras, incentivou a vinda de imigrantes da Ilha da Madeira e do Arquipélago dos Açores. Os imigrantes açorianos ocupam a ilha. Em torno de cinco mil açorianos vieram para o litoral catarinense. Foram vários os motivos que impulsionaram os açorianos a imigrarem para o Brasil entre eles: os constantes abalos sísmicos, a superpopulação e a promessa de terras pelo governo Português.

O acesso ao interior da ilha é muito difícil o que leva os imigrantes a se fixarem em área mais próxima ao continente. Os imigrantes se dedicaram a agricultura de subsistência, onde a preferência era pela mandioca.

Na região os militares eram a classe mais poderosa e em função de sua presença havia a importação de roupas, alimentos e objetos de consumo. Surge, também, para atender os militares um pequeno centro comercial para venda de alimentos e produtos artesanais.

Autorização para caça as baleias

O litoral da ilha era constantemente visitado por baleias e na segunda metade do século XVIII a Coroa Portuguesa deu autorização para sua caça. A caça a baleia não trouxe alterações para a região, já que todos os produtos eram enviados para Portugal.

Os insumos necessários para abastecer os baleeiros é que trouxeram representatividade econômica ao Porto do Desterro. Com a fuga das baleias, a substituição do óleo animal por querosene e depois petróleo fez com que a atividade declinasse.

A partir do século XIX os militares perdem o poder na região e surge uma nova classe poderosa que são os comerciantes que, também, na maioria das vezes eram donos de embarcações que faziam o transporte entre o litoral catarinense e a ilha.

Florianópolis hoje

Com aproximadamente 400 mil habitantes, esse número triplica no verão, já que é uma capital voltada para o turismo.

Sua economia se baseia no turismo, comércio e serviços, tendo, também, a indústria de transformação.

O turismo é um gerador de divisas através de estabelecimentos como: hotéis, agências de viagens, restaurantes, bares, camping e, ainda, estimula a economia informal através de alugueis de casas, vendedores ambulantes e organização de passeios de barco pelos pescadores.

Florianópolis apresenta uma qualidade de vida ímpar, no bairro de Jurerê as casas não possuem muros e a tranqüilidade é visível. É uma linda cidade.

Fonte de pesquisa:

Informação dada pelos guias turísticos.

www.guiafloripa.com.br

Fotos: Eliana Rocha

 

Última atualização em Qua, 27 de Abril de 2011 12:02
 

Comentários  

 
+1 #3 Fabio Rocha de Faria 20-01-2011 11:34
E mesmo muito bom
Citar
 
 
+1 #2 Fabio Rocha de Faria 20-01-2011 11:30
Muito bom este artigo.

:lol:
Citar
 
 
+1 #1 Fabio Rocha de Faria 20-01-2011 11:27
Muito boa esta matéria.
Citar
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar